Contos de Horror - O Porão




Anos atrás minha família decidiu passar as férias na serra gaúcha e para isto alugou uma pequena e antiga casa em Gramado para ficarmos durante duas semanas.

No andar térreo a casa possuía uma sala, banheiro e a cozinha. Os quartos eram no andar superior e havia ainda um porão que era usado apenas como depósito de coisas velhas contendo um sofá, armários e outras coisas sem muita importância.

O primeiro dia nesta casa transcorreu de forma tranquila: passeamos pela cidade, voltamos a tardezinha, fizemos um delicioso fondue, brincamos e dormimos todos esgotados pelas atividades do dia.

Na segunda noite algo aconteceu: fomos acordados no meio da noite por um grito terrível vindo do quarto de minha irmã. Quando meu pai chegou correndo até lá encontrou a garota sentada na cama gritando e chorando muito. Meu pai se sentou ao seu lado, a abraçou e perguntou o que havia ocorrido.

Ela contou que tinha acordado sentindo um cheiro horrível. Quando ela abriu os olhos disse ter visto o quarto inteiro encharcado de sangue, as paredes possuíam marcas de mãos e pés, o liquido vermelho escorria pelas paredes e havia respingos por todos os lados.

Todos pensaram que havia sido apenas um pesadelo, porém minha irmã se recusou a dormir novamente naquele cômodo e acabou se mudando para o de meus pais até o final das férias.

Em outro dia minha mãe estava fazendo o almoço, enquanto meu pai estava fora,  e nós explorávamos o porão, examinando cada coisa velha que achávamos por lá. Até que ouvimos um estalo e a luz apagou nos deixando na escuridão. Apesar de ser dia, o lugar ficava quase todo escuro iluminado apenas por uma claridade que vinha do andar superior, nos permitindo ver apenas as paredes de pedras antigas.

Eu comecei a ficar com medo, sem claridade aquele porão era assustador, nós estávamos paralisadas  sem saber direito o que fazer. De repente um mau cheiro começou a invadir nossos narizes, me fazendo sentir náuseas... Era cheiro de carne podre, como se houvesse algum animal morto por ali.

Um barulho veio de um canto escuro, parecia que algo se arrastava pelo chão. Eu e minha irmã gritamos e saímos correndo em direção da porta. Subimos a escada e lá embaixo podíamos ouvir algo como se tivesse arranhando o chão, o cheiro de podridão aumentava e a porta não queria abrir. Nós batíamos na porta e gritávamos sem parar, até que minha mãe a abriu com cara de assustada.

Contamos o que havia acontecido: a escuridão, sobre o cheiro de coisa podre e da coisa que se arrastava pelo chão. Ela prontamente disse que estávamos impressionadas pelo lugar antigo e que desceria até lá e substituiria a lâmpada, que provavelmente estaria queimada.

Apreensivas ficamos no topo da escada enquanto ela descia para o porão com uma lâmpada e uma lanterna nas mãos, o tempo que ela ficoua lá embaixo pareceu uma eternidade. De repente ela surgiu da escuridão subindo os degraus correndo, fechou a porta do porão e sentou-se em uma cadeira. Seu rosto estava branco e seus olhos arregalados de medo.

- Eu não quero que vocês descam até lá novamente. – disse ela em voz alta, quase gritando.

Em seguida pegou o telefone e foi para a sala onde ligou para a policia. Nós ouvimos ela falando que havia visto alguém no porão. Enquanto esperávamos a policia, ficamos todas juntas, olhando assustadas para a porta que ia para o andar inferior, receosas que a qualquer momento, alguma coisa saísse de lá. Nossa mãe recusou a dizer o que tinha visto lá embaixo.

Quando a policia chegou, nossa mãe os recebeu e os chamou para entrar na casa. Chegou até a porta do porão, a destrancou e eles desceram até a escuridão, empunhando lanternas e as armas em punho. Ficaram por um longo tempo procurando, mas não encontraram nada. O mais curioso é que não havia outra forma de sair lá debaixo, pois o porão não tinha outras portas ou janelas.

Assim que os policiais saíram, minha mãe contou o que havia visto lá no porão: ela estava rosqueando a lâmpada no bocal quando começou a sentir o cheiro horrível que havíamos descrito para ela, quase em seguida passou a ouvir um barulho estranho. Então ela apontou a lanterna por todos os cantos até que avistou algo entre um móvel antigo e a parede.

Era um homem agachado, suas roupas estavam rasgadas, seus cabelos eram compridos e desgrenhados, seu rosto estava todo distorcido, como se estive com uma expressão de ódio. Assim que a luz da lanterna apontou em seu rosto, minha mãe viu seus olhos vermelhos e então ele fez um movimento para o lado, desaparecendo por entre as coisas velhas que haviam por lá. Neste instante minha mãe deixou a lanterna cair de suas mãos e saiu correndo.

Depois disso, tivemos que ficar mais aquela noite na casa. Trancamos a porta do porão e colocamos algumas cadeiras na frente. Todos dormiram no quarto de meus pais com a porta bem trancada. Nossas férias acabaram mais cedo e no dia seguinte voltamos para casa...

Conto de Terror narrado por nossa moderadora

17 comentários:

Beatriz Viegas 15:24:00  

Como faço para enviar a minha história?

Anônimo,  14:40:00  

No canto superior direito tem um link chamado Envie seu relato

Anônimo,  21:52:00  

nao gosto de contos que nao tem um desfecho afinal o que era aquela coisa?

Anônimo,  22:59:00  

Estava legal na parte do quarto encharcado de sangue, ai ficou naquela ladainha chata de todo mundo ir no porão e voltar com medo sem acontecer nada, o cara podia ter assassinado cada um da familia, seria melhor.

Anônimo,  16:22:00  

Essa historia poderia virar filme de tão boa q é mais foi verdade mesmo?

Anônimo,  19:19:00  

uau Parebens para vcs muito boa essa história mas eu acho q não é real mas te chance d ser alguém ficou lá preso por algum medo alguma coisa e ficou lá pra sempre

Anônimo,  17:25:00  

Eu Gosteei Maiis axo Que as Outras São Beem Melhores *-*

Anônimo,  13:44:00  

Quando eu comecei a ler não consegui mais parar

Anônimo,  18:58:00  

UM DOS MELHORES CONTOS QUE EU JA VI

Thiago Lima 10:35:00  

dando um final a historia

fomos para casa.
no caminha da viajem foi muito assustador parecia que aquilo la no porão fosse um sonho mas não, em um certo ponto da viajem paramos para saber algo sobre a casa,um o venho senhor nos contou que toda familia que passava as ferias la saião com medo da quela criatura que abitava no porão daquela casa.
e assim continuamos a nossa viajem ainda com um misterio de sabem quem erra aquela pessoa la em baixo

Anônimo,  12:48:00  

O conto foi. Legal seria meslhor se tivesse continuacão.

Bruna Brito 18:19:00  

Faltou um final

Anônimo,  19:53:00  

Bom. Mas, e aí? Não tiveram curiosidade sobre a história da casa e de seus antigos moradores? Como reagiu o pai ao saber da experiência coletiva? Não procuraram um padre ou pastor? PUTZ!

Anônimo,  03:05:00  

Eu tenho uma experiencia sobrenatural que rolou comigo e vou contar

Anônimo,  10:11:00  

Poxa eu tbm tenho uma historia q aconteceu comigo sobre uma coisa que me perturbava. gostaria de conta mais nao sei como fazer.

Anônimo,  19:26:00  

N sei, ainda n ficou bom, esse final e mt comum, tinha que dar uma diferenciada. Alguma coisa assim

Anônimo,  11:37:00  

eu queria saber q homen era quele acho q poderiam ter pesquisado melhor sibreca casa nao acham?

Postar um comentário

Os comentários podem ser feitos pelo blogger ou Facebook.

Não serão aceitos comentários com xingamentos ou em tom ofensivo, propagandas e links para outros sites/blogs.

Comentários que narrem situações absurdas ou escritas em letras maiúsculas serão excluídas. O espaço aqui disponibilizado serve para trocamos experiências sobrenaturais ou comentar sobre a postagem . :)

Agradecemos a sua participação!

O blog Clube dos Medos traz até vocês histórias sobre seres sobrenaturais , como fantasmas, lobisomens, bruxas e tudo o que pode atiçar os mais variados tipos de medo. Esperamos que vocês tenham um bom divertimento com o blog...

Deixe sua mensagem

Seguidores

Aterrorizantes

Postagens populares

Postagem em destaque

Soldados alemães matam lobisomem real em 1942

Historias de lobisomens sempre pertenceram a cultura mundial sendo transmitidas de geração para geração. No continente europeu acredit...

Marcadores

A Plantação Myrtles Abduções Acidentes Alcatraz Alemanha Alma Amadores Amigo Invisível Animações Animais Estranhos Anjos Annabelle Aparições Apocalipse Argentina Armário Armas Arqueologia Assassinos Assombrações Assombrada Assustadores Atividades Paranormais Atlântida Aves BA Bailes Bar Baratas bebe Besta de Gevaudan Biografias Bizarro Bloody Mary Bonecas Bosques Brincadeira Brincadeira do Copo Brinquedos Bruxas Cachorros Câmeras de Segurança Canal Carne Humana Casa Mijangos Casarões Casas Assombradas Casas Mijangos Castelos Causos Causos e Causos CE Cemitérios Chile China Chupa - Cabras Cidades Fantasmas Ciências Círculos Cobras Comerciais Contos Contos de terror Contos de terror em vídeo Contos Populares Contos-dos-Leitores Convenções Cozinhas Crianças Criatura Criaturas Crimes Croxteth Hall Curiosidades Curiosos Curitiba Curtas Curtos Dama de Branco David F. Sandberg David Sandberg Discos Voadores Discos Voadores.Ovnis Discovery Channel Documentários Dracula Dramatização Drew Daywalt Drones Duendes Edifício Joelma Efeitos Elevador Equipe Paranormal Escolas Esgotos Espanha Espelhos Espíritos Estrada Estranhos EUA Exorcismos Extraterrestres Fábricas Facebook Fake Fantasmas Fazendas Filmes Florestas Força da Mente Fotos França Freiras Futebol Garagem Geoglifos Gettysburg Ghost Labs Guarda - Roupa Guatemala Guerras Histórias Histórias de Terror Hospital Hoteis Humberstone Imagens Incêndios Inglaterra Interessante Internet Invasores Invunche Ipueiras Itatira Jacarezinho Japão Japoneses Jerai Leitores Lendas Lendas Urbanas Listas Livros Lobisomens Locais Assombrados Lojas Lugares Magia Mansão Assombrado Maria Sangrenta Matérias Medo Metrôs México MG Mistério Mistérios Monstros Montanhas Mordomo Morte Mortos-vivos MS Mulher de Branco Múmias Museus Necromancia Noiva Notícias Orbs OVNIS Padres Palhaços Pé Grande Penitenciárias Personagens Pesadelo Pesquisa PI Pocong Policiais Poltergeist Porão Porões Possessões Posto de Gasolina PR Prisão Professora Publicidade Quadrinhos Quadros Reais Record Relatos Reportagens RPC RS Rússia SC Seitas Selfie Sereias Shopping Sinais Snapchat Sobrenatural Soldados Sonhos Sotão SP Subterrâneos Suicidas Suicídas Suspense sustos Tabuleiro Ouija Taxistas Teatros Teletransporte Tempestades Terror Tesouros Texas Thomas Kluebler Top Banner Tristes Trolls UFO UFOS Vampiros Videos VideosLaranjal Paulista Vietnã WebCam Whoss-There-Film-Challenge-2013 Zumbis

Parceiro

  © Clube dos Medos Template by Ourblogtemplates.com

Back to TOP